One Piece


Certamente alguns de vós devem estar a aproveitar o fim de semana para revisitar algum dos últimos grandes clássicos que temos vindo a sugerir… mas a premissa deste blog era a oferta de vários tipos de cultura, com especial foco no jogos retro, mas nunca deixando de apresentar outras propostas para os tempos livres.

Hoje, decidi revisitar a temática do anime, e trago-vos uma pequena review de One Piece, que é daqueles animes de longa duração que movem multidões de fãs, o que geralmente se traduz em adaptações para o mundo dos videojogos.

Sinopse

Numa altura onde os piratas dominavam os oceanos e eram temidos em terra, um estava acima de todos os outros, o lendário  rei dos piratas, Gold Roger. Quando Gold Roger é finalmente capturado pela Marinha, e a sua execução agendada, esperava-se que a era dos piratas fosse bastante abalada perdendo o seu líder, todavia antes de ser executado, Gold Roger revela que deixou todo o seu tesouro (o maior alguma vez coleccionado), e em especial, a moeda One Piece, símbolo do rei dos piratas. Este anúncio levou uma geração inteira a fazer-se ao mar em busca da mítica fortuna de Gold Roger, e do sonho de descobrir a One Piece e se tornarem no rei dos piratas.

Monkey D. Luffy, uma simples criança, convive com uma tripulação de piratas, capitaneada por Shanks, na taverna local, vibrando com as história e aventuras mirabolantes da mesma, fazendo que ele próprio ambicione ser pirata um dia.

Mas é neste ponto que algo de inesperado acontece, e Luffy enquanto convivia com os seus amigos piratas come uma peça de fruta exótica trazida pelos mesmos, o que motiva uma comoção por parte deles, fazendo com que Luffy cuspa o que teria acabado de comer… E esta reacção não é para menos, pois o que Luffy acabou de comer foi uma Devil’s Fruit (fruta do diabo), frutas raras e únicas que concedem a quem as consome uma habilidade especial a troco de se tornarem “martelos” na água, nunca mais conseguindo nadar. A fruta que Luffy comeu foi a Gomu no Mi, a Devil’s Fruit de borracha, que o tornou num homem de borracha, capaz de esticar os seus membros e tornando-se imune a balas e golpes de impacto.

Gomu no Mi, a Devil's Fruit de borracha ingerida pelo Luffy

10 anos após este incidente, Luffy decide seguir as pisadas do seu ídolo Shanks, e faz-se ao mar com a ambição de descobrir o One Piece e se tornar no rei dos piratas. Mas para isso terá primeiro que arranjar um barco e uma tripulação, e é aqui que a aventura começa…

Opinião

Este anime é nos trazido pelos estúdios da Toei, responsáveis por animes de longa duração como Dragonball e Sailor Moon, pelo que as expectativas criadas pelos fãs era muitas, sendo que ninguém duvidava de um novo anime de sucesso, restando apenas saber qual o público alvo a que o mesmo se destinava e se fazíamos ou não parte dele.

O sucesso deste anime reside na diversidade de personagens e seu desenvolvimento ao longo da história, sendo que qualquer fã facilmente se identifica com algumas delas, e toma outras como simplesmente irritantes, mas mesmo estas últimas vão ganhando o nosso reconhecimento ao longo do desenrolar da história.

A série apresenta um humor que à partida pode parecer estranho a muitos, se calhar até um pouco banal, mas a dada altura e sem darmos conta, estamos a rir às gargalhadas com as reacções e peripécias que as personagens vivem.

Como é comum nos animes deste género Shounen, existem combates com fartura, que variam de cenas impossíveis originadas pelos poderes concedidos pelas Devil’s Fruits, a lutas onde a arte da espada impera e até a lutas onde o recurso a armadilhas e aparatos de aspecto suspeito levam a vantagem sobre os adversários.

Um dos grandes pontos fortes deste anime na minha opinião é o facto do mesmo promover uma série de valores como a amizade e o respeito, bem como a capacidade de conseguir introduzir variadíssimas emoções forte ao longo da história, permitindo permutações entre conteúdo de entretenimento a momentos mais sérios sem desvirtuar a história e sem se tornar monótona.

Resumindo, One Piece é um gosto que se adquire, mas rapidamente se tornará um dos vossos animes preferidos (se forem fãs do género é claro) porque é puro entretenimento.

Para finalizar deixo aqui um vídeo com a primeira abertura deste anime:

~ por Izilthir em Sábado, 24 \24\UTC Abril, 2010.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: